Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

TRE-PR e TRT-PR vão ampliar ações de inclusão de pessoas com deficiência

Convênio assinado nesta quinta-feira (11) no TRE-PR prevê intercâmbio de políticas e iniciativas de aprimoramento da acessibilidade ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Família de copeira baleada por policial marca protesto para sexta-feira

De acordo com o advogado da família da vítima, Ygor Nasser Salah Salmenn, o objetivo do protesto é relembrar o caso e pressionar o Tribunal de Justiça do Paraná a acelerar o julgamento de recursos da defesa da policial que a mantém em liberdade. Familiares e amigos da copeira Rosaira Miranda da Silva, baleada na cabeça por uma policial civil em dezembro de 2016, marcaram um protesto para a próxima sexta-feira (8). O crime ocorreu no bairro Centro Cívico, em 23 de dezembro do ano passado, enquanto a copeira participava de uma confraternização de Natal na empresa onde trabalhava. A investigadora Kátia das Graças Belo efetuou os disparos pela janela da casa dela por estar incomodada com o barulho da festa. De acordo com o advogado da família da vítima, Ygor Salmén, o objetivo do protesto é relembrar o caso e pressionar o Tribunal de Justiça do Paraná a acelerar o julgamento de recursos da defesa da policial que a mantém em liberdade. Em julho deste ano, o juiz Daniel de Avelar, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, decidiu levar a policial a júri popular. No entanto, a defesa da acusada entrou com recurso para tentar evitar o julgamento e a data ainda não foi marcada. O advogado Ygor Salmen diz que a família reclama da demora e diz que há uma sensação de impunidade. Katia das Graças Belo será julgada por homicídio simples com dolo eventual, ou seja, ela não teve intenção de matar, mas assumiu o risco. O protesto está marcado para 16h dessa sexta-feira (8) com saída da rua Matheus Leme, em frente ao local onde Rosaira foi baleada, no bairro Ahú. De lá, eles fazem uma caminhada até o Tribunal de Justiça, que fica na Praça Nossa Senhora da Salete, no Centro Cívico. FONTE: Band News FM Curitiba http://bandnewsfmcuritiba.com/familia-de-copeira-baleada-por-policial-marca-protesto-para-sexta-feira/
←  Anterior Proxima  → Inicio

Um comentário:

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores