Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

TRE-PR e TRT-PR vão ampliar ações de inclusão de pessoas com deficiência

Convênio assinado nesta quinta-feira (11) no TRE-PR prevê intercâmbio de políticas e iniciativas de aprimoramento da acessibilidade ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Racismo: Globo demite William Waack após comentário racista 'é coisa de preto'


Em nota, emissora destaca que não compactua com atitudes preconceituosas e afirma que foi contrato foi rescindido

Afastado desde novembro do comando do Jornal da Globo, William Waack foi oficialmente desligado da emissora carioca após protagonizar um caso de racismo. Em comunicado oficial, a empresa pede desculpas e afirma que não compactua com atitudes preconceituosas, embora cite que Waack não teve o objetivo de ser racista. 


O anúncio do afastamento de William foi anunciado pela Globo em comunicado envidado à imprensa e lido por Renata Lo Prete na madrugada do dia 8 de novembro, ao vivo, no Jornal da Globo, cuja bancada ela assumiu. "A Globo está afastando o apresentador William Waack de suas funções em decorrência do vídeo que passou hoje a circular na internet, até que a situação esteja esclarecida" disse,
na ocasião.

Gravado no ano passado, durante as eleições presidenciais dos Estados Unidos, o vídeo que provocou a polêmica mostra William, momentos antes de entrar ao vivo, reclamando de uma pessoa que buzina na rua e atrapalha a gravação. Tá buzinando por quê, seu m**** do c******?". Depois disso, afirma que o autor da ação "É preto, coisa de preto". O material foi divulgado por um funcionário da Globo, assumiu a responsabilidade pelo ato, afirmando que ficou indignado com as declarações. 

Leia o comunicado, enviado ao Viver pela Globo:

"Em relação ao vídeo que circulou na internet a partir do dia 8 de novembro de 2017, William Waack reitera que nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais. Repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças. Pede desculpas a quem se sentiu ofendido, pois todos merecem o seu respeito. A TV GLOBO e o jornalita decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham. A TV GLOBO reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV GLOBO e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração"

FONTE: Diário de Pernambuco 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores