Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Programa “A Hora do João” ganha transmissão ao vivo no Facebook

Facebook do Apresentador O presidente estadual do MDB, o ex-deputado João Arruda, que voltou para a o rádio no início do ano, aderiu de...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo

Quem Somos


É o órgão do governo do Estado de São Paulo que mantém as relações institucionais com o Judiciário, Ministério Público, Defensoria Pública e entidades ligadas à justiça, cidadania e direitos humanos. Coordena, no âmbito estadual, a aplicação de medidas socioeducativas, a defesa dos direitos dos consumidores, acesso à medicina social e de criminologia, questões fundiárias, acesso à justiça e promoção da cidadania..

Missão

Promover os direitos humanos e fortalecer a cidadania, oferecendo suporte referencial à população, às ações estratégicas e aos programas do Governo do Estado de São Paulo.

Visão

Aprimorar o desenvolvimento dos projetos e programas ligados à promoção dos direitos humanos e cidadania, promovendo o acesso à justiça igualitária como direito primordial do ser humano com fundamento no Programa Estadual de Direitos Humanos.

Objetivos

► No programa de reforma e construção de fóruns, há permanente esforço para atender a demanda e construir novos edifícios ou reformar os existentes para garantir aos cidadãos conforto e segurança. Anualmente são investidos, em média, R$ 50 milhões de reais.
► Prestar colaboração técnica a entidades públicas do Estado, favorecendo a implantação de princípios e normas relacionadas à Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.
► Atender e orientar, diretamente, os cidadãos, bem como articular a formação de núcleos de defesa da cidadania. Manter correspondência e intercâmbio com órgãos e entidades, públicos e privados, nacionais e internacionais, nos assuntos de interesse, para o adequado desempenho de suas atribuições.
► Colaborar com o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (Condepe).
► Conduzir os trabalhos da Comissão de Ex-Presos Políticos, criada com Lei Estadual 10.726/2001, e efetuar o pagamento de indenizações como forma de reconhecimento da participação de cidadãos que tiveram a privação de seus direitos, consagrados pela Declaração Universal dos Direitos do Homem (1948), na época da Ditadura Militar.
► Auxiliar na superação dos danos causados pela violência aos familiares de vítimas com óbito ou sobreviventes de modalidades criminosas e atuar na prevenção por meio de intervenções jurídicas, sociais e terapêuticas por intermédio do Centro de Referência e Apoio à Vítima.
► Auxiliar no combate ao tráfico de seres humanos, por meio da conscientização de agentes públicos e das possíveis vítimas, da desarticulação das redes de tráfico e da eliminação do preconceito que discrimina as vítimas e inibe denúncias.
Bacharel em direito pela Faculdade de Direito de Bauru e Mestre e Doutor em Direito do Estado pela Pontifícia Universidade Católica-PUC-SP, Elias Rosa, natural de Ibiúna, ingressou no Ministério Público de São Paulo MP-SP em 1986. Atuou como promotor de Justiça em Apiaí; Sumaré e Barueri. Na Capital paulista trabalhou na Promotoria de Justiça Criminal de Santo Amaro e na Promotoria de Justiça da Cidadania, hoje Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social. Em 2009 foi promovido a procurador de Justiça e ocupou o cargo de procurador-geral de Justiça do Estado de São Paulo por dois mandatos (2012/2014 e 2014/2016).
Na carreira acadêmica, Dr. Márcio é professor da Escola Superior do MP-SP e professor emérito da Faculdade Presbiteriana Mackenzie. Lecionou Direito Administrativo, Direito Constitucional e Tutela Coletiva (defesa do consumidor, ECA, tutela ambiental, defesa do patrimônio público). É autor de livros jurídicos e tem artigos publicados em revistas especializadas em Direito Constitucional e Direito Administrativo.
Foi vice-presidente para a Região Sudeste do Conselho Nacional dos Procuradores-Gerais de Justiça do Ministério Público dos Estados e da União (CNPG), além de responsável pelo acompanhamento legislativo daquela colegiado na Câmara dos Deputados e no Senado Federal e de acompanhamento de processos nos Tribunais Superiores.

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores