Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

TRE-PR e TRT-PR vão ampliar ações de inclusão de pessoas com deficiência

Convênio assinado nesta quinta-feira (11) no TRE-PR prevê intercâmbio de políticas e iniciativas de aprimoramento da acessibilidade ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

sábado, 17 de fevereiro de 2018

Advogados batem boca após audiência de acusados de matar youtuber


Não perdoo', diz mãe de youtuber morta com tiro na cabeça no litoral do Paraná


Suspeitos da morte de youtuber no Paraná falam como ocorreu o crime; assista ao vídeo


Advogados de defesa e assistente de acusação no caso que investiga a morte da youtuber Isabely Cristine Santos, de 14 anos, bateram boca diante de jornalistas na tarde desta sexta-feira (16), logo após a audiência de custódia que ouviu os suspeitos do crime no Fórum de Pontal do Paraná, no litoral do Estado.
O advogado Claudio Dalledone Junior, que defende os irmãos Everton e Cleverson Vargas, interrompeu a entrevista concedida pelo criminalista Elias Mattar Assad, que é assistende de acusação e advogado da família da menina.
Everton e Cleverson Vargas estavam no carro de onde partiu o disparo que matou Isabely. Everton confessou ter atirado, mas alegou ter reagido para proteger a família de uma suposta ameaça. Ele alegou que outro carro teria ultrapassado seu veículo em alta velocidade. Os dois tiveram a prisão preventiva decretada.
"O que se tem de concreto são disparos de arma de fogo de alguém que confessadamente procedeu esses disparos e não nega que fez os disparos e temos uma menina de 14 anos que foi sepultada. Porque lá dentro o próprio cliente (de Claudio Dalledone) e acusado disse que ouviu um tiro e que por isso ele reagiu a tiros", disse Mattar Assad, no momento em que foi interrompido por Dalledone aos gritos. 
"Mentira! Está gravado. Não falte com a verdade, isso não foi falado", bradou Dalledone. 
"Não vou calar aqui. Vou pedir que a polícia impeça ele de interromper a entrevista. O senhor tem uma tradição de desrespeito", gritou Mattar Assad. 
"Por que uma youtuber ia dar meia volta para abordar alguém?", questionou o assistente de acusação ao retomar a entrevista.
Em entrevista à RPCTV na quinta-feira, os irmãos disseram que não tinham a intenção de matar ninguém e se mostraram arrependidos. Everton, que teria efetuado o disparo, disse que se assustou porque quando o viu o carro em que a menina estava retornar pensou se tratar de um assalto. “Simplesmente atirei para cima, eu não mirei em algum lugar. Simplesmente foi para preservar a minha família. A preocupação foi essa. Jamais eu quis acertar alguém, jamais”, disse.
Também em entrevista à TV, a mãe da menina, que estava junto com a filha quando ela foi morta, disse que não perdoa os assassinos. "Eu não entendo até agora o porque foi feito isso. Eles dois acabaram com o sonho de uma menina de 14 anos. Acabaram com a minha vida. Não está sendo fácil para mim estar vendo a minha filha sendo velada agora, com 14 anos. Com tudo pela frente. Cheia de sonho", afirmou a mãe da menina.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores