Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

EXCLUSIVO: Live com neste Sábado no Blog Chik Jeitoso com Roberto Requião

Foto Arquivo MDB  Confirmado para este Sábado 16 de Novembro ao Meio Dia Live Poderosa  EXCLUSIVA  no Blog Chik Jeitoso com Vossa Exclên...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

segunda-feira, 5 de março de 2018

Nova fase da Carne Fraca prende ex-presidente da BRF




Da revisa Veja
Polícia Federal deflagrou na manhã desta segunda-feira uma nova fase da Operação Carne Fraca que tem como alvo um esquema de fraudes descoberto na empresa BRF. O ex-presidente da companhia Pedro de Andrade Faria é um dos dez presos pelos agentes. A empresa brasileira é uma das maiores do ramo de proteína animal no mundo e vende para 150 países.
A ação da PF tem o nome de Operação Trapaça. Desde o início da manhã são cumpridos 91 mandados decretados pela Justiça Federal, do Paraná. Como resultado, 11 pessoas estão com ordem de prisão temporária e 27 de condução coercitiva. Os policiais cumprem ainda 53 mandados de busca e apreensão em unidades da BRF — dona da Sadia e Perdigão.
A terceira fase da Carne Fraca — deflagrada pela primeira vez em março de 2017 — tem como alvo esquema de fraudes contra o Ministério da Agricultura supostamente praticados por empresas do grupo BRF.
Segundo a PF, os investigados podem responder por crimes como  falsidade documental, estelionato qualificado e formação de quadrilha ou bando, além de crimes contra a saúde pública.
A operação é o primeiro desdobramento da Carne Fraca em 2018. As apurações decorrem das descobertas das investigações da PF da primeira e segunda fase que tinham dezenas de frigoríficos como alvos, entre eles unidades da BRF e JBS — outra gigante do setor, dona da Friboi.
Nas primeiras fases, deflagradas em 2017, foi descoberto esquema de corrupção envolvendo fiscais do Ministério da Agricultura no Paraná e em outros estados – as sentenças desses casos devem sair ainda esse ano. As ações das duas empresas reagiram à deflagração da primeira etapa da Carne Fraca e encerraram o pregão naquele dia em forte queda – os papeis da JBS caíram 10,59%, e os da BRF, 7,25%.
Procurada, a assessoria de imprensa da BRF afirmou que uma nota da empresa em resposta à operação será divulgada nesta manhã.

PF deflagra 3ª fase da Operação Carne Fraca



A lista dos alvos de condução coercitiva da Operação Trapaça



Ministério da Agricultura proíbe exportação de frigoríficos envolvidos na Operação Trapaça.

“Na grande maioria das vezes, era obrigada a alterar o resultado das análises que diagnosticavam contaminação. Se a análise constatasse a presença de salmonella ou outro tipo de contaminação, por ordem expressa de seus superiores, devia alterar o registro nos laudos publicados, os destinados à fiscalização. Em torno de 40% a 70% apontavam a existência de bactéria. O limite máximo de positividade era de 23%”.
Trecho de ação trabalhista de Adriana Marques Carvalho, ex-funcionária da BRF.


←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores