Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Médicos Sem Fronteiras em Curitiba

Pagina Oficial dos MSF no Facebook Pela primeira vez em Curitiba, a exposição Pessoas em Movimento, de Médicos Sem Fronteiras Brasil...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

domingo, 18 de março de 2018

Os sinos dobram por ti: a belíssima homenagem de um coronel da PM do RJ a Marielle

https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=776307825901140&id=100005657881748

OS SINOS DOBRAM POR TI
Cada morte violenta me arranca um pedaço da alma, pois os mais de 60 mil homicídios ao ano nos distancia, e muito, do lugar civilizatório que, julgo, mereceríamos ocupar como país tão lindo como o nosso. Calo, sofro, choro em silêncio. Não me apraz falar, não me apraz comparecer a rituais de despedida fúnebre e sentir o sofrimento das pessoas, principalmente dos familiares, em respeito a suas dores. O cargo me obrigou a assistir inúmeros enterros, de inúmeras vítimas policiais de uma guerra fratricida que nos prostra enquanto seres humanos. Uma guerra inglória. Abri uma exceção por um dever de consciência; para falar de uma amiga, a vereadora Marielle, porque, se sua morte me impactou, muito mais tem impactado a forma vil e cega e infame como ela vem sendo tratada por algumas pessoas nas redes sociais. Pessoas que não conheceram Marielle. Senti-me na obrigação de informar a amigos desinformados sobre quem ela era; amigos que considero e que são bombardeados por bobagens e falsas informações sobre a vereadora que não conheceram. Segue abaixo uma dessas mensagens que enviei a um amigo a quem considero bastante e que talvez possa servir a outros amigos.
Caro amigo xxxx (oficial PM)
Te conheço há bastante tempo para saber o quanto você é inteligente para não se deixar levar por esses discursos que destilam o ódio, mesmo nesses momentos de dor. Deveríamos, sim, nos unir enquanto sociedade contra o maior problema civilizatório que nos afeta e dilacera: a violência homicida. Apesar disso, há pessoas que insistem em simplificar questão tão complexa, dividindo o mundo em direita e esquerda. Você está além disso que eu sei.
Choro pelas mortes infames, do cidadão comum, dos meus amigos, dos meus amigos policiais dos quais já perdi a conta inúmeras vezes. Meu primeiro serviço como aspirante foi atender a ocorrência do assassinato de um policial militar, adorado em
meu Batalhão. Chorar com sua família me fez pensar o quão difícil seria aquela trajetória profissional que eu havia abraçado.
Meu sentimento é expressado nos versos do poeta John Donne: “a morte de qualquer homem (ou mulher) me diminui, porque sou parte do gênero humano. E por isso não perguntes por quem os sinos dobram; eles dobram por ti".
Choro agora por uma amiga admirável, sobretudo porque lutava contra essa estupidez e sonhava com uma sociedade melhor. A vereadora Marielle era corajosa; lutava a favor das minorias, mas principalmente contra a estupidez das mortes desnecessárias que têm endereço e destinatários certos. Mortes muitas vezes festejadas por pessoas que querem que nós, policiais, façamos para elas o serviço sujo de um extermínio fascista. Não se esqueça que também acabamos vítimas dessa estupidez.
Conheci Marielle quando ela me trouxe, de forma educada mas contundente, o caso de algumas mães amedrontadas com a ação de policiais que barbarizavam moradores de uma certa favela com UPP. Os fatos eram indefensáveis. Aqueles comportamentos não era o que se podia esperar de uma instituição que existe para combater o crime, mas, sobretudo, para servir à população. Tomei minhas providências. Se Marielle veio até mim buscando solução, era porque confiava na polícia, pelo menos em parte dela, uma parte da qual eu te incluo. Marielle, assim como nós, não confiava na polícia violadora de direitos, na polícia bandida, mas confiava na instituição policial, naqueles que não querem que ela seja instrumentalizada para fins vis e elitistas, sendo direcionada para os mesmos estratos de onde a maior parte de nossos próprios policiais vem.
Depois disso ela me procuraria para saber como ajudar policiais que sofriam abusos, assédios moral e sexual e outros tipos de violações de direitos. Eu te pergunto: alguém que “só quer defender bandido” teria esse comportamento?
Na ocasião, me lembro de ter comentado com ela do sofrimento dos policiais subalternos, da mulher policial, da mulher negra policial etc. Um fato em especial me tocava naquele momento: o de viúvas de PM. Eu disse a ela que uma das formas de ajudar poderia ser agilizando os processos de obtenção de suas pensão. Há trâmites administrativos que emperram a pensão da viúva e que extrapolam as possibilidades da corporação; há também a lentidão da investigação da morte dos policiais militares por parte da PCERJ, que é formalidade do processo. Ela se interessou e, depois, junto com o deputado Marcelo Freixo, criaram um núcleo de atendimento a policiais. Mesmo depois de ter deixado a PM, encaminhei alguns casos a eles.
Nossos praças e oficiais mais subalternos, principalmente as policiais negras, são discriminadas diariamente em nossa instituição, sofrem assédios, sobretudo por parte de pessoas como nós, oficiais e brancos. Recentemente a PM impôs limite de vagas para mulheres no concurso do CFO, mas contra isso ninguém de dentro se colocou. Marielle se interessava por essas causas, que, infelizmente, ainda não tocam nossa sensibilidade institucional. Com suas bandeiras ela defendia muito mais nossos policiais do que nós fomos capazes de compreendê-lo e de fazê-lo.
Portanto, postagens maldosas como essas, que vêm circulando nas redes sociais, além de não retratarem a realidade, são de um imenso desrespeito não só à historia de Marielle, mas aos nossos policiais honestos e trabalhadores sofridos, sobretudo as policiais negras, que tanto necessitam ser acolhidos nas causas que ela magnificamente defendia. Que tenhamos Marielle presente para transformar nossa polícia em uma instituição melhor para a sociedade e para policiais vocacionados.

Em Pernambuco, delegado é afastado depois de ofender Marielle


Minha singela homenagem Blog Chik Jeitoso  https://www.facebook.com/chikjeitoso/videos/2056605171021303/


Das poucas vezes que me falta a voz. Chocada. Horrorizada. Toda morte me mata um pouco. Dessa forma me mata mais. Mulher, negra, lésbica, ativista, defensora dos direitos humanos. Marielle Franco, sua voz ecoará em nós. Gritemos.

VÍDEO revela Marielle por ela mesma: “democracia está ameaçada”


O relato emocionante da sobrinha de Marielle Franco: “não inventem mentiras sobre ela”

Marielle carrega a sobrinha na maternidade: aqui “ela só era ela. A mãe, a filha, a irmã e a tia”

23/11/1998, o dia do meu nascimento. 
Essa é minha tia Marielle, grávida de 8 meses da minha prima. 
É ela, antes de ser a socióloga defensora dos direitos humanos e eleita a vereadora. Ela só era ela. A mãe, a filha, a irmã e a tia.
A mãe mais durona que eu conheci.
A mulher que construiu sua história durante todo esse tempo mas, que há dias atrás, teve sua vida ceifada sem nenhuma chance de defesa. Sem nem saber o porquê.
Depois desse dia, tô observando as mensagens negativas sobre sua morte. Tudo bem não gostar do seu partido ou de quem era ela. Tá tudo bem.
Mas, por favor, não compartilhe áudios de outras pessoas dizendo que é minha tia.
Por favor, não diga que ela era envolvida com o comando vermelho.
E, essencialmente, não vá nas postagens da minha prima dizer que ela é filha do Marcinho VP e que minha tia engravidou aos 16.
Isso foi o cúmulo pra perceber o quanto as pessoas são insensíveis com a dor de uma filha.
Por favor, respeitem a dor de todos, seja de quem for, apenas respeitem. E principalmente, não inventem mentiras sobre ela ou alguém da família achando que vai estar passando batido, porque não vai.
Por fim, essa era Marielle.
A que morreu por conta de seus ideais, e lutando por eles.


Viraliza postagem com contato de advogada para envio de denúncias de calúnias sobre Marielle





MARIELLE BATE IMPEACHMENT NO TWITTER

Três mulheres cariocas, periféricas e negras são os principais nós da rede de 3,6 milhões de tuítes que produziu o maior acontecimento político da mídia social no país



“Pai muito amoroso, um marido maravilhoso”, afirma mulher de motorista de Marielle Franco http://justificando.cartacapital.com.br/2018/03/15/pai-muito-amoroso-um-marido-maravilhoso-afirma-mulher-de-motorista-de-marielle-franco/


Assassinato político de Marielle Franco reativa as ruas e desafia intervenção no Rio

Multidões se reuniram no Rio de Janeiro, em São Paulo e em outras capitais para homenagear a vereadora https://brasil.elpais.com/brasil/2018/03/16/politica/1521157108_642756.html


As mentiras contra a honra e a memória de Marielle Franco tiveram origem principalmente nas declarações da desembargadora Marilia Castro Neves, responsável por ativar a fábrica de fake news e a boataria da internet. Arte: Inara Régia

Sua voz ecoa mais alto!
                                                                            Ilustração: Camila B O Mundo em Queda Livre

Vivemos hoje uma comoção nacional com o triste ato de violência praticado contra a vereadora Marielle Franco no Rio. Uma voz que se cala. Realmente triste. Que Deus possa confortar a família e amigos.

Muitas homenagens e cartazes em Londres para Marielle Franco. A força da luta da vereadora pelos Direitos Humanos e a sua execução no Rio de Janeiro levaram a protestos no mundo inteiro.
 Fotos: Clara Piccinini

Que sua voz continue ecoando
                                                                               Ilustração: Fernanda Kissy

"A nossa luta é todo dia." - Marielle Franco Não vamos esquecer. Não vamos sumir. Não vamos nos calar. ✊🏿✊🏽✊ Por Priscila Barbosa Ilustração

A história de vida de Marielle é uma história de luta e conquista contra as estatísticas, pelas mulheres, pelos pobres e pelo povo negro. Por Sereia Abacaxi

Marielle presente, hoje e sempre! ✊🏾 Se você conhece a ou o artista marque nos comentários.

Debaixo de neve intensa, diversas pessoas foram às ruas de Paris hoje protestar contra o genocídio negro no Brasil e por Marielle Franco e sua luta. Fotos: Carlos Eduardo Locatelli

A América Latina irá sempre lembrar: Desenho:RO Ferrer

Estudantes da renomada universidade Sciences Po, em Paris, homenagearam Marielle Franco com uma mobilização nessa sexta feira.



Virgilia em memória à Marielle Franco e Anderson Gomes - Nenhum minuto de silêncio !
#TodasMarias #RespeitoNegro #MarielleFranco #AndersonGomes  Curitiba Praça Santos Andrade 

- Em Chiang Mai, brasileiros prestaram homenagem a Marielle Franco, e contaram sua historia de luta para os tailandeses. Foto: Bruna Lisboa

O dia em que o Rio de Janeiro parou pelas vidas de negras e negros, por Marielle, por Anderson, por justiça e contra o genocídio! Foto: Guilherme Prado / PSOL

Marielle Franco, honramos sua luta e sua história! Milhares de pessoas nas ruas de Porto Alegre exigem justiço e investigação imediata pelo assassinato de Marielle Franco na noite de ontem, no Rio de Janeiro. Foto: Mídia NINJA

Em Montevideo, o recado é claro: o racismo mata, o machismo mata, enfrentar a opressão mata. fotos: MediaRed Uruguay

Rio de Janeiro lota suas ruas por justiça, por Marielle e pelas negras e negros. Foto: Mídia NINJA

Av Paulista e rua da Consolação tomadas pelo ato histórico em SP em homenagem a vida e luta de Marielle Franco. Foto: Mirante Lab

Mais de 50 mil pessoas na ALERJ em ato por justiça a Marielle Franco e Anderson Sousa, no Rio de Janeiro. Foto: Mídia NINJA

MARIELLE PRESENTE! Milhares de pessoas estão na porta da Câmara Municipal do Rio de Janeiro onde estão sendo velados os corpos de Marielle Franco e Anderson Gomes, ambos executados na noite de ontem em um terrível crime contra a vida. Foto: Mídia NINJA

O corpo de Marielle e Anderson foram recebidos hoje na Câmara Municipal do Rio de Janeiro com muita dor e emoção das milhares de pessoas que se fizeram presente no ato para lutar pelas vidas das pessoas negras e contra a injustiça social e racial do país. Fotos: Mídia NINJA

O corpo de Marielle e Anderson foram recebidos hoje na Câmara Municipal do Rio de Janeiro com muita dor e emoção das milhares de pessoas que se fizeram presente no ato para lutar pelas vidas das pessoas negras e contra a injustiça social e racial do país. Fotos: Mídia NINJA

A NOSSA DOR NÃO NOS CALA! As mulheres negras, base da pirâmide social, resistem! Representadas por Marielle, alcançaram um espaço de poder e não darão nenhum passo atrás. Fotos: Mídia NINJA

A ex-presidenta da Argentina, também se solidariza com a execução de Marielle e Anderson: "Crime político do estado de excessão que o Brasil vive hoje."


Milhares de pessoas estão agora na Praça da Cinelândia, no Rio de Janeiro, para protestar contra a violência e a guerra que mata povo preto e pobre todos os dias e também suas lideranças. Justiça para a morte de Marielle Franco e Anderson Gomes. 📸: Mídia NINJA

Parlamentares e Movimentos Sociais fazem agora ato solene na Câmara dos Deputados em Brasília, lembrando direto da capital do Brasil: hoje e sempre! Fotos:

Ato Solene por Marielle Franco na Câmara dos Deputados, em Brasília

Marcelo Freixo é companheiro de muitas lutas há mais de 10 anos! Feliz por seguir celebrando ao lado dele e batalhando por um mundo mais justo e menos desigual!

Quando a gente faz política com afeto, o Dia do Abraço é todo dia


Marielle Franco, mulher valente, segura, inteligente, guerreira e honesta! Ela foi a inspiração e a ação que fez acontecer o projeto Vivendo Juntos, realizado pela Sésamo no Complexo da Maré (RJ). Marielle não se foi, ela viverá para sempre nos corações felpudos da turma da Sésamo.
"Para sempre, vivendo juntos"
#MariellePresente

QUE PAÍS É ESSE? Ontem Marielle Franco, uma das vereadoras mais votadas no Rio, mulher, ativista, grande defensora da igualdade e justiça social, foi brutalmente assassinada junto com seu motorista, as suspeitas são de execução. Não podemos permitir que uma injustiça dessas saia impune! #LutoPorMarielle




"Eu sou porque nós somos". Assim escrevemos tantas vezes nesta página. Hoje dizemos – e dizemos no mundo inteiro – nós somos porque ela foi.


MARIELLE PRESENTE! Em uma das passarelas da Avenida Brasil, no Rio de Janeiro.

Adeus, Marielle Franco: Uma imagem que fala mais do que mil palavras (não sei quem é o autor da foto, sabendo eu dou os devidos créditos)

Marielle Franco nunca teve relacionamento com o traficante Marcinho VP, na foto são pessoas totalmente diferentes. Para denunciar calúnias contra Marielle Franco: Os prints caluniosos devem ser encaminhados para contato@ejsadvogadas.com.br

Não podemos nós calar diante disso. Vamos se juntar a uma só voz!







Marielle Franco tinha 38 anos e se apresentava como “mulher, negra, mãe e cria da favela da Maré”. 💔


hoje tem e no Fantástico! (esse telão! ✊)

"quantas mais mortes serão necessárias até que isso acabe?"


Girl Power.:. Em tempos conturbados desse nosso Brasil, + do q nunca, ñ podemos deixar d estar ao lado das manas, se apoiar e se ajudar! Vai ser da nossa união q surgirá alguma esperança de um amanhã c + clareza e sobriedade! Paz, amor e empatia!

Na edição 995: Ainda ouvimos Marielle. Os assassinos não conseguem silenciar a vereadora carioca, heroína da luta pela igualdade e contra a militarização da segurança.

minha homenagem à grande brasileira Marielle Franco

Ainda sobre Marielle Fraco... voltei do ato quinta passada com o coração partido, e resolvi desenhar... pq o desenho potencializa a minha voz.



- Milhares de moradores de diversas comunidades do Rio de Janeiro estão nesse momento no Complexo da Maré ecoando suas vozes por Marielle e Anderson, assassinados na última quarta-feira, 14. Foto: Mídia NINJA

Quantos mais vão precisar morrer para que essa guerra acabe? Agora no complexo da Maré, no Rio de Janeiro, em memória de Marielle Franco e Anderson! Foto: Felipe Uruatã / Mídia NINJA

A Avenida Paulista já está tomada por negras e negros, em homenagem de luta a Marielle Franco, vereadora do PSOL assassinada na última quarta-feira, 14, no Rio de Janeiro. Foto: Leo Otero / Mídia NINJA

O Ilu Obá de Min, coletivo de tambores e corpo de baile com a participação exclusiva de mulheres, homenageia Marielle Franco nesse momento, na Av. Paulista, em São Paulo. Foto: Mídia NINJA

- Acontece agora a Missa em nome de Marielle e Anderson, no Parque União, Complexo da Maré, Rio de Janeiro. Foto: Felipe Iruatã / Mídia NINJA

Marielle Vive! Pelas paredes do Complexo da Maré. Foto: Felipe Iruatã / Mídia NINJa


O assassinato de Marielle Franco mobilizou multidões, ecoou vozes nas ruas do Brasil e do mundo, em memória da vereadora do PSOL. Hoje, em São Paulo, milhares foram às ruas denunciar o racismo, o genocídio e exigir justiça e investigação imediata pela execução de Marielle.

. anuncia na assembleia da Ocupação Povo Sem Medo de S. Bernardo do Campo o acordo com o Governo do Estado que repassa 4 terrenos para que as famílias da ocupação construam suas moradias. Assista –












Eleita com mais de 46 mil votos, a socióloga de 37 anos fala sobre os desafios do seu primeiro mandato



Marielle Franco Debate Remoção das Favelas | Cidade Partida https://www.youtube.com/watch?v=R1w31FUvzbw&list=PLgQt5LQ22wjVwDS6N_kw3L9DIwTTIo9Tt&t=25s&index=1




Vozes de Marielle que não querem ser caladas: projetos da vereadora são defendidos por moradores

Vereadora executada no Centro do Rio tinha cerca de 20 projetos voltados para as mulheres negras e os pobres. O G1 ouviu pessoas que sofrem em seu cotidiano os problemas que estavam na luta de Marielle.


Irmã de Marielle afirma que tomará providências contra difamações e calúnias sobre a vereadora

Anielle Silva garante que acusadores são 'mentirosos, ignorantes e desinformados'


https://oglobo.globo.com/rio/irma-de-marielle-afirma-que-tomara-providencias-contra-difamacoes-calunias-sobre-vereadora-22500783?utm_source=Twitter&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar



MARIELLE, VOCÊ É GIGANTE! Agora no Complexo da Maré em luta pelas vidas das favelas, por Marielle e Anderson! Foto: Felipe Iruatã / Mídia NINJA




←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores