Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Band Curitiba tem três apresentadores campeões de Audiência com programa Policiais

De segunda feira a sexta feira a partir das 16 horas o Apresentador Val Santos comanda na Band Curitiba ao vivo o programa Brasil Urgente ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

terça-feira, 10 de abril de 2018

Cida Borghetti estuda descongelar salários de servidores, dizem deputados

A informação foi levantada hoje pelo líder da bancada do PMDB na Assembleia Legislativa, deputado estadual Nereu Moura, durante audiência pública com representantes de entidades de classe de policiais militares e civis para discutir a retomada da data-base do funcionalismo público, congelada pelo governo Beto Richa até 2019. Segundo Moura, circulam "nos corredores da Assembleia" comentários de que a nova governadora Cida Borghetti (PP) - que assumiu o cargo na última sexta-feira após a renúncia de Richa para disputar a eleição para o Senado - estuda uma forma de dar reajuste salarial para os servidores públicos. 
A medida seria uma forma de Cida iniciar com uma "agenda positiva", impulsionando sua pré-candidatura à reeleição. Não há qualquer confirmação oficial, por enquanto, dessa possibilidade, ou mesmo índice de reajuste previsto. 
Segundo um deputado de oposição, a governadora pode até conceder algum tipo de porcentual de reposição salarial aos servidores, mas dentro de uma margem estreita. É que uma lei proposta por Richa e aprovada pela Assembleia no ano passado instituiu o chamado "teto de gastos", que limita o aumento das despesas do governo em 2018 e 2019 ao índice da inflação acumulada no ano. Como os gastos têm um aumento vegetativo anual de mais de um ponto porcentual, não haveria margem para repor a inflação, que no ano passado ficou pouco abaixo de 3%. 
Uma das mudanças promovidas por Cida Borghetti foi a saída de Mauro Ricardo Costa do comando da Secretaria de Estado da Fazenda. Costa ocupava o cargo desde o final de 2014, quando o governo Richa iniciou o ajuste fiscal, com aumento de impostos e corte de benefícios de servidores, além do uso de recursos do fundo de previdência do funcionalismo para reforçar o caixa do Estado. O ex-secretário era apontado justamente como principal mentor da política de congelamento dos salários dos servidores como forma de equilibrar as contas do governo. 

Elogios ao Governo Cida 
dão o tom na Alep


A generosa recepção ao governo de Cida Borghetti deu o tom da sessão plenária desta segunda-feira, 9, na Assembleia Legislativa. Deputados da base, de oposição, e até parlamentares de grupos concorrentes na disputa pelo Palácio Iguaçu fizeram questão de saudar a nova gestão.
“A admiração que eu tenho pela nossa governadora é enorme! Não só por ela estar fazendo história e ter condições de deixar um belo legado, mas por ser uma mãe extraordinária”, disse Maria Victoria (PP).
Rasca Rodrigues (Podemos) acredita na ampliação das trabalho social no governo Cida: “É um dia histórico, e com certeza este lado mãe estará inserido em uma política social que beneficiará os mais necessitados”, afirmou.
“Que ela faça um excelente governo, tenho o maior respeito por ela. Pessoa simpática, que trata as pessoas com empatia, e que abraçou com muito entusiasmo a causa do autismo”, disse Péricles de Mello (PT). Também teve tempo para Guto Silva (PSD) destacar que tem “todo apreço e carinho” pela governadora.
Otimismo da oposição, que acredita em novos tempos, e convicção da base de apoio, que garante que Cida tem o perfil necessário para ampliar as boas ações desenvolvidas até então. Na Assembleia Legislativa, a governadora Cida Borghetti tem o voto de confiança dos parlamentares paranaenses.
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores