Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

EXCLUSIVO: Live com neste Sábado no Blog Chik Jeitoso com Roberto Requião

Foto Arquivo MDB  Confirmado para este Sábado 16 de Novembro ao Meio Dia Live Poderosa  EXCLUSIVA  no Blog Chik Jeitoso com Vossa Exclên...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Operação desmantela quadrilha que montou "mensalinho” em Luiziânia



A Polícia Civil do Paraná está nas ruas para cumprir 19 mandados judiciais com o objetivo de desmantelar um esquema de corrupção na cidade de Luiziânia. Uma investigação conduzida pelo Nurce levantou indícios de um ‘mensalinho’ no município de 7,5 mil moradores na região Centro-Oeste do Paraná. 

A operação “Talha” que tem como objetivo cumprir nove mandados de prisão temporária, dez de busca e apreensão e um de condução coercitiva – deferidos pela 2º Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Paraná.  Mais de 40 policiais civis participam da ação policial. Um dos alvos de mandado judicial é a Prefeitura Municipal de Luiziana. 

Entre os investigados está o procurador jurídico do município e ex-secretários municipais -- todos suspeitos de envolvimento com o esquema criminoso. O Nurce suspeita que o dinheiro arrecadado ilegalmente foi para a campanha de reeleição do atual prefeito da cidade. Ele, porém, não é alvo de nenhuma medida judicial.   

“O combate à corrupção é uma das principais diretrizes do trabalho das polícias do Paraná e do Governo do Estado. É necessária uma investigação profunda e isenta para chegar aos responsáveis pelo desvio de recursos públicos que acaba por prejudicar a população paranaense”, disse o secretário da Segurança Pública do Paraná Júlio Reis.

A investigação começou há um ano depois que o Nurce recebeu uma representação da Procuradoria Geral de Justiça do Ministério Público Estadual. As provas coletadas durante a investigação revelam que alguns servidores públicos eram obrigados a devolver parte de seu salário para um caixa 2, visando financiar a reeleição do atual prefeito.

O esquema era operado por Thiago Slongo, sobrinho do prefeito Mauro Slongo (PDT). De entregador de leite na cidade, ele se tornou Procurador Jurídico do Município. 

Com base em relatos e confissões de alguns envolvidos, foi pedido o afastamento do sigilo bancário dos servidores suspeitos, sendo elaborado um relatório por parte do Laboratório de Lavagem de dinheiro da Policia Civil. A análise das contas bancárias mostrou indícios do esquema operado entre 2013/2016. 

Participam da operação policiais do Nurce, do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) e da Subdivisão Policial de Campo Mourão. O nome da operação – Talha -- se refere ao tributo ou parte da produção paga pelos vassalos ao senhor feudal
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores