Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

TRE-PR e TRT-PR vão ampliar ações de inclusão de pessoas com deficiência

Convênio assinado nesta quinta-feira (11) no TRE-PR prevê intercâmbio de políticas e iniciativas de aprimoramento da acessibilidade ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Dono da Dolly é preso por fraude fiscal de R$ 4 bilhões em SP

No ano passado a fábrica da Dolly foi fechada por alguns dias, sob suspeita de sonegação de impostos. Na época, o grupo pagou R$ 33 milhões em débitos.


                                       Laerte Codonho, presidente da Dolly (Reprodução/SBT)

São Paulo – O dono da empresa de refrigerantes Dolly, Laerte Codonho, foi preso na manhã desta quinta-feira (10) sob suspeita de fraude fiscal e lavagem de dinheiro. A estimativa é de que o dinheiro desviado na fraude chegue a R$ 4 bilhões. As informações são da Globonews.
A Polícia Militar prendeu Codonho em sua casa, na Granja Viana, em Cotia (Grande São Paulo). Ele deve ser levado ao 77º DP. Além do dono da empresa, também foram presos o ex-contador de Codonho e mais um funcionário da empresa.
No final do ano passado, a polícia já havia cumprido mandados de busca e apreensão na casa de Rogério Raucci, ex-contador da Ragi Refrigerantes, fabricante da marca Dolly.
Ainda no ano passado a fábrica da Dolly chegou a ser fechada por alguns dias, sob suspeita de sonegação de impostos. Na época, o  Grupo Dolly pagou R$ 33 milhões em débitos declarados de ICMS e reabriu a fábrica.
EXAME entrou em contato com a empresa e aguarda um posicionamento sobre o caso.


Conduzidos por PMs | Sócio da Dolly e ex-contador da empresa são presos em São Paulo
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores