Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Médicos Sem Fronteiras em Curitiba

Pagina Oficial dos MSF no Facebook Pela primeira vez em Curitiba, a exposição Pessoas em Movimento, de Médicos Sem Fronteiras Brasil...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

sábado, 12 de maio de 2018

Globo é notificada pelo MP por falta de negros em novela “Segundo Sol”



Na véspera do 13 de Maio, a Rede Globo foi notificada pelo Ministério Público do Trabalho do Rio de Janeiro (MPT-RJ) pela ausência de negros na novela “Segundo Sol” que será exibida a partir de segunda-feira (14).
Em novembro de 2017, a Globo se viu num escândalo de racismoprotagonizado pelo jornalista William Waack disse “é preto, coisa de preto” sobre buzinaço durante um ao vivo nas eleições dos EUA. Após a repercussão negativa do caso, o âncora do Jornal da Globo foi substituído pela jornalista Renata Lo Prete.
A emissora foi alvo de uma ação civil pública foi ajuizada na quarta (10), em Salvador, pela União de Negros pela Igualdade (UNEGRO) por práticas discriminatórias e racistas.
Na representação, a UNEGRO alega que a nova novela global não expressa em seu elenco a realidade da sociedade soteropolitana e baiana, já que a imensa maioria dos atores e atrizes é formada por brancos, enquanto que Salvador, onde a novela é ambientada, é composta por 85% de negros e negras.
O MPT-RJ, acatando a ação, recomenda à Globo 14 ações, dentre as quais, “assegurar a participação de atores e atrizes negros e negras” e promover a “representação étnico-racial da sociedade brasileira, especialmente em cenários de população predominantemente negra”. A Globo terá dez dias para implementar as recomendações.
“A prática racista, (…), na verdade, não atinge apenas aos baianos e às baianas. Antes, fere a toda uma população e porque não dizer à sociedade brasileira, haja vista que, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio – PNAD-IBGE, a população brasileira estimada no ano passado, 2017, era de 205 milhões e 500 mil habitantes, sendo que os negros representam hoje a maioria, ou seja, cinquenta e cinco por cento, muito embora esse percentual na Bahia seja mais elevado (quase 80%)”, diz a petição assinada pelo advogado Egberto Magno.
O advogado da UNEGRO pede na ação, caso não cumpra eventual decisão judicial, que a Globo seja multada em R$ 1 milhão por dia, valor a ser revertido em inserções de publicidade de caráter educativo sobre a questão racial a serem exibidas nos intervalos da novela “Segundo Sol” e produzidas pela parte autora da ação.

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores