Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Band Curitiba tem três apresentadores campeões de Audiência com programa Policiais

De segunda feira a sexta feira a partir das 16 horas o Apresentador Val Santos comanda na Band Curitiba ao vivo o programa Brasil Urgente ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

terça-feira, 1 de maio de 2018

Noite do dia 1º de Maio: Cida reúne equipe da área de segurança

Quase 19h de 1º de Maio, dia internacional do trabalho, e a governadora Cida Borghetti convocou os comandantes da área de segurança para uma reunião no Palácio Iguaçu. Em pauta o balanço das últimas atividades e o alinhamento de novas ações no setor.
Participaram o secretário da Segurança Pública, Júlio Reis; o secretário da Administração Penitenciária, cel Élio, a comandante-geral da PM, cel Audilene; o comandante do Corpo de Bombeiro, cel Fábio e o chefe da Casa Militar, cel Tortato. Também o secretário chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico; o secretário da Comunicação Social, Alexandre Teixeira e a chefe de gabinete da governadora, Lucília Dias.

Governadora nomeia líder sindical para futura pasta do Trabalho
Hoje tomou posse da Secretaria Especial do Trabalho o Sindicalista Paulo Rossi. Desejo todo sucesso nesse novo caminho, tenho certeza de que o seu trabalho vai fazer a diferença a todos os paranaenses.
A governadora Cida Borghetti anunciou nesta terça-feira (1º), em Curitiba, a nomeação do secretário especial do Trabalho e Relações com a Comunidade. Será o dirigente sindical Paulo Rossi, que preside a União Geral dos Trabalhadores do Paraná (UGT-PR) e o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Prestação de Serviços a Terceiros (Sineepres). É a primeira vez que um sindicalista assume a pasta do Trabalho.
Para a governadora, Rossi tem conhecimento suficiente para ajudar na política de emprego do Governo do Estado. “Trabalhador e dirigente, ele é preparado para colaborar com nossa importante política de atração de investimentos e criação de oportunidades de emprego aos pais e mães de família do estado do Paraná”, disse.
Cida ressaltou, ainda, que a indicação de Rossi é uma forma de aproximar ainda mais o Governo do Estado do mundo do trabalho. “Queremos ficar perto dessa classe tão importante que gera emprego e precisa de trabalho. Essa designação de hoje, neste 1º de Maio, carrega também essa mensagem”, reforçou.
Rossi atuará nas relações de Trabalho e também na interlocução do governo com os movimentos sociais. “Além de aproximar a sociedade civil das políticas públicas do Governo do Estado, nossa meta também é criar um pacto social entre trabalhadores e empresários, visando cada vez mais a geração de novos postos de trabalho”, disse.
Para Manassés Oliveira, presidente do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco), é importante ver o movimento sindical começar a fazer parte do Estado. “Assim, vamos discutir diretamente a relação entre capital de trabalho, através de um trabalhador que conhece o nosso Paraná”, disse.
DIFERENCIAL – O Governo do Estado vem elevando progressivamente o piso salarial regional, sempre acima dos índices de inflação. O valor, cujas faixas variam entre R$ 1.247 e R$ 1.441 (em vigor desde março), é o maior do País, na média. A menor das faixas está 25% acima do salário-mínimo nacional, de R$ 954.
“Somos um Estado diferenciado, e nesses nove meses de governo, vamos trabalhar para ficar em condição ainda melhor, levando o Governo do Paraná para perto da população, de forma descentralizada e humanizada”, disse Cida.
CURRÍCULO – Além de presidente da UGT-PR e do Sineepres, Rossi, que é natural de Paranaguá, no Litoral do Estado, é bacharel em ciência política e assumiu recentemente a função de membro do Conselho Curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (CCFGTS), colegiado formado por entidades que representam trabalhadores, empregadores e governo federal.
PRESENÇAS - Participaram da solenidade os secretários de Estado de Segurança Pública, Júlio Reis, Cerimonial e Relações Internacionais, Ezequias Moreira, Comunicação Social, Alexandre Teixeira, e Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Elias Gandour Thomé; o presidente do BRDE, Orlando Pessuti; o presidente do Sintrafucarb (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria do Fumo do Estado do Paraná e nas Indústrias de Cacau, Balas, Doces, Bebidas em Pó e Preparados Sólidos para Refrescos do Município de Curitiba), José Agnaldo Pereira; o presidente Nacional da União Geral dos Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah; o deputado federal Ricardo Barros; os deputados estaduais Maria Victoria, Artagão Júnior e Luiz Carlos Martins; o presidente da Femoclam, Nilson Pereira; dirigentes de outros sindicatos, representantes de federações, lideranças da região, vereadores e trabalhadores.
BOX
Área do trabalho tem atuação em todo o Estado
Uma das principais características da área do trabalho, dentro da administração estadual, é a atuação próxima aos municípios. Hoje, das 399 cidades paranaenses, mais da metade – 216 – possuem uma agência do trabalhador. Destas, a maioria é gerenciada pelo Governo do Estado, que também mantém 19 escritórios regionais.
A área do trabalho é responsável por analisar e organizar políticas públicas definidas pelo Estado e também é o setor que apoia os Conselhos Estaduais e o desenvolvimento dos Conselhos Municipais do Trabalho. Também faz a gestão da integração de trabalhadores, empregadores e governo no fórum tripartite que define questões como o piso regional. Outras atribuições da pasta é a intermediação de mão de obra, seguro-desemprego, apoio ao empreendedorismo e qualificação profissional.
Em 2017 o Paraná ficou em primeiro lugar no ranking que avalia o Programa de Intermediação de Mão de Obra, segundo o Ministério do Trabalho. No Brasil, 508.189 pessoas conseguiram um emprego pelas Agências do Trabalhador. Destes, 107.978 foram nas agências do Paraná, o que representa mais de 21% do total.
Em segundo lugar vem São Paulo, com 74.178, representando 14% do valor nacional. Em 2017, em relação  a 2016, houve também um aumento no número de colocados no estado.  Em 2016 foram 78 mil colocados nas agências do estado. Em 2017, quase 108 mil.





















←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores