Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Médicos Sem Fronteiras em Curitiba

Pagina Oficial dos MSF no Facebook Pela primeira vez em Curitiba, a exposição Pessoas em Movimento, de Médicos Sem Fronteiras Brasil...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

terça-feira, 26 de junho de 2018

Cida solicita que TJ, MP, ALEP e TC concedam reposição de 1%

A governadora do Paraná, Cida Borghetti, encaminhou nesta terça-feira (26) correspondências aos presidentes do Tribunal de Justiça (TJ), Assembleia Legislativa (Alep) e Tribunal de Contas (TCE), além do Ministério Público (MP) e Defensoria Pública, solicitando que acompanhem o índice de recomposição dos salários dos servidores proposto pelo Executivo, que é de 1%.
Cida argumenta que o aumento dos salários dos servidores acima do índice proposto pelo Governo do Estado coloca em risco o acordo de renegociação da dívida estadual com o Governo Federal. O não cumprimento do termo pode acarretar na devolução de R$ 1,9 bilhão.
“Considerando o cenário econômico e financeiro do Paraná, bem como o acordo firmado entre o Estado e a União, no sentido de que as despesas primárias correntes no exercício de 2018 não podem exceder as despesas executadas, sob pena de devolução do desconto obtido no valor de R$ 1,983 bilhão, solicito que, na concessão do reajuste de seus servidores, seja acompanhado o mesmo índice enviado pelo Poder Executivo”, diz o texto assinado pela governadora Cida Borghetti.
O documento foi encaminhado aos presidentes do TJ, desembargador Renato Bettega; da ALEP, deputado Ademar Traiano e do TCE, conselheiro Durval Amaral; ao procurador-geral do MP, Ivonei Sfoggia e ao defensor-geral Eduardo Abraão.
Os outros poderes protocolaram na Assembleia Legislativa a proposta de reajuste de 2,76 % dos seus servidores. Embora eles possuam autonomia orçamentária, o caixa do Estado é único e o impacto dos aumentos incide na despesa corrente primária.
DESCONGELAMENTO – Na segunda-feira, a governadora do Paraná determinou o descongelamento da data-base dos 310 mil servidores do Poder Executivo - entre ativos, aposentados e pensionistas - e encaminhou um projeto de lei para a Assembleia Legislativa propondo o reajuste de 1% a todos os funcionários do Estado. A medida não se aplica a cargos em comissão e funções gratificadas.
Segundo a governadora, o Paraná vem se destacando ao longo dos últimos anos pela sua gestão financeira responsável, aliada à capacidade de investimentos. “Técnicos da Secretaria da Fazenda analisaram diversos cenários para avaliar o impacto do reajuste nas contas do Estado. Este foi o índice possível para o momento. Vamos manter o diálogo franco, permanente e transparente com os representantes dos servidores para avançar nas demandas, com responsabilidade e zelo com as contas públicas”.
PROMOÇÕES - A governadora também determinou o pagamento de R$ 281 milhões para a quitação das promoções e progressões dos servidores estaduais em 2018. A medida vai beneficiar funcionários públicos de diversas áreas do Executivo que já cumpriram os requisitos necessários para a aquisição desses benefícios.

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores