Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Médicos Sem Fronteiras em Curitiba

Pagina Oficial dos MSF no Facebook Pela primeira vez em Curitiba, a exposição Pessoas em Movimento, de Médicos Sem Fronteiras Brasil...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Campagnolo volta para a Fiep e diz ter sentido a “mão pesada da velha política”, e apoia agora Arruda MDB

Depois de ter sido aventado como preferido para compor como vice, representando o PRB, a chapa do candidato a governador  do (PSD), o empresário Edson Campagnolo se manifesta pela primeira vez desde que, nas vésperas das convenções partidárias, seu nome foi substituído por Darci Piana, presidente da Fecomércio.
Em nota que distribuiu à imprensa e a amigos e também postada nas redes sociais, Campagnolo informa que voltará à presidência da Fiep, da qual esteve licenciado. Diz também que sempre se indignou com “a maneira como nosso estado e nosso país vêm sendo conduzidos” e que por isso se motivou “a colocar meu nome à disposição para a disputa eleitoral deste ano. Fiz isso porque estou seguro que, com minha experiência e meu histórico, tinha plenas condições de contribuir para um novo modelo de administração pública.”
Mas frisou: “Na curta caminhada desde que apresentei meu nome, pude sentir a mão pesada da velha política. Materiais apócrifos e notícias falsas, com o vazamento de documentos internos de uma disputa comercial, circularam no meio político numa clara tentativa de desqualificar aqueles que querem mudar a forma como a gestão pública é conduzida.” Blog Contra Ponto 
Aqui, a íntegra da nota de Campagnolo:

Ao longo da minha vida, sempre me envolvi nas discussões e ações em busca do bem coletivo. Como cidadão, participei de vários movimentos para melhorar as comunidades onde vivi, cobrando das autoridades providências para melhorar a infraestrutura e os serviços prestados à população.
Esse mesmo sentimento também tive em minha vida de empreendedor, o que me levou a participar de associações empresariais. O objetivo desse trabalho nunca foi beneficiar minhas empresas, mas sempre lutar por melhores condições para todo o setor produtivo. Foi justamente essa disposição que me levou à presidência da Federação das Indústrias do Paraná.
Na Fiep, também pautei minha atuação na defesa de um melhor ambiente para a realização de negócios, o que se reflete em benefícios para toda a população, com a geração de empregos, renda e até mais recursos para a administração pública. Para mim, esse é o único caminho para que tenhamos uma sociedade mais justa, com oportunidades para todos.
Como se sabe, a grande maioria das ações necessárias para que isso aconteça depende de políticas públicas. Cumprindo o papel que cabe a lideranças à frente de entidades fortes como a Fiep, sempre cobrei de parlamentares e governantes a adoção de medidas que levem a um maior desenvolvimento do Paraná e do Brasil.
Infelizmente, na maioria das vezes essas demandas são ignoradas por gestores públicos mais afeitos a seus próprios interesses políticos ou pessoais do que aos anseios da população. A indignação com essa situação, com a maneira como nosso estado e nosso país vêm sendo conduzidos, me motivou a colocar meu nome à disposição para a disputa eleitoral deste ano. Fiz isso porque estou seguro que, com minha experiência e meu histórico, tinha plenas condições de contribuir para um novo modelo de administração pública, que busque maior eficiência do Estado e o coloque, efetivamente, a serviço da sociedade.
Na curta caminhada desde que apresentei meu nome, pude sentir a mão pesada da velha política. Materiais apócrifos e notícias falsas, com o vazamento de documentos internos de uma disputa comercial, circularam no meio político numa clara tentativa de desqualificar aqueles que querem mudar a forma como a gestão pública é conduzida.
Analisando o cenário eleitoral, decidi não mais me candidatar a nenhum cargo em disputa neste ano. Isso, no entanto, não significa que deixarei de lutar por um novo modelo de gestão pública. Como presidente da Fiep, função que reassumirei, e como cidadão que sabe que a mudança na política depende da participação ativa de toda a sociedade, seguirei cobrando nossos representantes e me colocando à disposição para auxiliar no que estiver ao meu alcance. Mantenho firme meu propósito, convicto de que posso contribuir para que o Paraná e o Brasil sejam cada vez mais prósperos e desenvolvidos, como merece a sua gente.

O candidato do MDB ao Governo do Estado, João Arruda, recebeu do presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, doces da 20ª Feira do Melado de Capanema, no Sudoeste do Estado. Campagnolo é da região e divulgou o encontro em vídeo nas redes sociais.
“Estou aqui com meu deputado federal João Arruda, meu amigo, que não pode comparecer à Feira de Melado, né João?”, disse Campagnolo. Que completou: “Mas trouxe o melado de Capanema, o famoso melado batido e este bolo de mel de cana”.
Além de agradecer pelos doces e reforçar a importância dos produtores do Sudoeste, João Arruda destacou “o debate amplo feito pela Fiep no Paraná e no Brasil sobre os interesses das indústrias e da economia”. disse o candidato que vai visitar a região neste final de semana.
Reconhecimento
João Arruda ressaltou que a Professora Eliana será fundamental para o plano de gestão educacional do governo no Paraná, mas ressaltou que “seria uma honra ter o Campagnolo na minha vice, caso ele estivesse em um dos partidos que fazem parte da nossa aliança”.
“Campagnolo traz a força força da indústria Paranaense, é um especialista em gestão e planejamento, e veio do Sudoeste, região que o nosso MDB e o PDT Brizolista tem muita força”, completou João Arruda..
Sudoeste e Oeste
O candidato do MDB vai cumprir agenda em Guarapuava e regiões Sudoeste e Oeste no final de semana. Na sexta-feira (24) estará às 19h no Anfiteatro do Sindiato Rural Patronal de Guarapuava.
No sábado (25) estará em Pato Branco, às 10h na Associação Cattani e em Francisco Beltrão, na Amsop, a partir das 15h. No domingo João Arruda vai até o Oeste – às 10h na Asservel em Cascavel, às 15h no Salão Paroquial da Catedral de Toledo e às 20h no Hotel Carimã em Foz do Iguaçu.


Solidariedade entre candidatos



http://www.fabiocampana.com.br/2018/08/solidariedade-entre-candidatos/
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores