Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

TRE-PR e TRT-PR vão ampliar ações de inclusão de pessoas com deficiência

Convênio assinado nesta quinta-feira (11) no TRE-PR prevê intercâmbio de políticas e iniciativas de aprimoramento da acessibilidade ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

quarta-feira, 29 de agosto de 2018

Cida em campanha pedindo votos nós 399 municípios, a mãe dos paranaenses

Emprego é prioridade, diz Cida Borghetti

A governadora Cida Borghetti disse nesta quarta-feira, 29, que a criação de novos empregos é impulsionada com os investimentos em obras e outras ações nas 399 cidades do Paraná. “A criação de novos empregos é prioridade e além disso buscamos a excelência nos serviços públicos na saúde, segurança pública e na habitação, entre outras áreas. Só nos últimos seis meses, foram criados 36 mil novos postos de trabalho”, disse Cida durante entrevista a rádio CBN de Curitiba.
“Eu quero lembrar que nos quatro meses do meu governo, assinei três mil convênios com todos os municípios do Paraná que resultam em obras de infraestrutura, segurança, saúde, agricultura, em todas as áreas. São obras que geram empregos e que representam R$ 5 bilhões em investimentos”, completa Cida Borghetti.
O resultado das ações de governo, segundo ainda Cida, alçaram o Paraná entre os três estados de serviços mais eficientes no Brasil, segundo ranking publicado pelo jornal Folha de S. Paulo. “Isso mostra uma gestão eficiente de um governo que escuta e dialoga com a sociedade. Temos um governo de portas abertas”, disse a governadora.
Governo moderno – “Além do gabinete de portas abertas, temos ainda o governo digital. Por exemplo, pode-se pedir a segunda via da identidade pela internet. Isso monstra a agilidade de um governo moderno, desburocratizado e que busca a excelência em governar”, adianta a governadora.
Cida Borghetti ainda pontuou outras ações em quatro meses de governo como a criação da Divisão de Combate a Corrupção que recebeu um crescimento de 150% no disque-denúncias. “É uma divisão que atua contra os crimes econômicos e da administração pública”. “Tivemos ações importantes como a integração das forças de segurança unindo todas as polícias”, disse.
“Atendemos uma demanda da OAB (Ordem dos Advogados do Barsil) e criamos a Secretaria Especial para Assuntos Penitenciários. Sabemos que o tráfico muitas vezes é organizados dentro das penitenciárias e estamos com a ações importantes em cima de disso”, completou.

AGENDA – Logo pela manhã, a governadora concedeu entrevistas para a rádio CBN e para o portal Paraná Portal. À noite Cida estará no jantar do Sindicombustiveis. E na quinta-feira cumpre agenda em Foz do Iguaçu.

_______________________________________________________________________________________________

Coreanos largam na frente em projeto de nova ferrovia no Paraná

A proposta de fazer uma nova ferrovia no Paraná, ligando Dourados, no Mato Grosso do Sul, a Paranaguá, está começando a ganhar forma na prancheta de projetos de diversos grupos internacionais que disputam o negócio. O governo do Paraná anunciou a iniciativa no ano passado e recebeu, até março, os Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMIs). Entre os grupos que oficializaram a proposta para realizar os estudos de viabilidade – e serem remunerados só depois da licitação – está uma empresa asiática, que avançou mais nos levantamentos. As informações são de Katia Brembatti na Gazeta do Povo.
A Pyunghwa Engineering Consultants Ltd. (PEC) é a empresa coreana que conseguiu entregar no prazo combinado oito propostas de traçado e partiu para novas etapas, enquanto grupos americanos, espanhóis e franceses pediram mais tempo. De acordo com Murilo Noronha da Luz, coordenador de concessões e parcerias da Secretaria de Planejamento, nenhum dos quatro consórcios autorizados a fazer os estudos de viabilidade (técnica, ambiental e econômica) desistiu. A expectativa é de que as empresas selecionadas apresentem soluções para construir mil quilômetros de ferrovia, ao custo estimado de R$ 10 bilhões.
Para economizar dinheiro, tempo e trabalho, o governo estadual priorizou as alternativas de traçado da ferrovia, para que os levantamentos topográficos e geotécnicos fossem feitos apenas nos locais previamente aprovados. Já há uma discussão prévia com ambientalistas, principalmente para encontrar as melhores opções para cortar o trecho de Serra do Mar, sobre os pontos mais indicados para a ferrovia.
A previsão é de que os estudos estejam prontos até o final do ano. Depois disso, começa a fase de avaliação técnica das propostas apresentadas. Pela legislação vigente, o governo estadual não paga pelos estudos. As empresas autorizadas aceitam a proposta, por conta e risco, acreditando que podem apresentar o melhor projeto. O modelo escolhido será usado na licitação – e a empresa vencedora deve remunerar quem fez o projeto, avaliado em R$ 25 milhões.
A expectativa é fazer a licitação para a construção da ferrovia no segundo semestre de 2019. Um dos objetivos é diminuir o trânsito de caminhões nas rodovias e também o valor do frete no transporte de cargas. A ideia é construir dois ramais ferroviários: um de Dourados (MS) a Cascavel e outro de Guarapuava a Paranaguá. No meio dos dois trechos há a linha férrea operada pela Ferroeste.
De Guarapuava a Paranaguá, a nova ferrovia seria paralela à BR-277. O transporte ferroviário no trecho é feito atualmente pela concessionária Rumo, que passaria a ter concorrência. Atualmente, menos de 20% das cargas que chegam ao porto de Paranaguá viajam de trem. Além do alto número de acidentes e do custo elevado para quem paga o frete, a movimentação de veículos pesados danifica o pavimento e prejudica o meio ambiente – com queima de combustíveis e emissão de gases.

_______________________________________________________________________________________________

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores