Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

Médicos Sem Fronteiras em Curitiba

Pagina Oficial dos MSF no Facebook Pela primeira vez em Curitiba, a exposição Pessoas em Movimento, de Médicos Sem Fronteiras Brasil...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

terça-feira, 28 de agosto de 2018

João: Paraná precisa de gestão eficiente no combate à corrupção


O Paraná precisa de gestão eficiente no combate à corrupção, principal marca da gestão Beto Richa e do PSDB, afirmou o deputado João Arruda, candidato do MDB ao Governo do Estado, no debate da TV Transamérica em Curitiba nesta segunda-feira (27). João Arruda criticou ainda os candidatos que representam o ex-governador tucano – Ratinho Jr. (PSD) e Cida Borghetti (PP) – que “fugiram do debate”.
“Vamos dar autonomia ao Nurce (Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos), que tem sido utilizado apenas como discurso eleitoreiro”, disse João Arruda. “As polícias Civil e Científica precisam de apoio real, pois são órgãos essenciais para combater a corrupção. É necessário abrir todas as caixas pretas do governo tucano de Beto Richa”.
No debate, João Arruda lembrou que existem diversas operações em andamento: Quadro Negro (desvios de recursos da educação), Publicano (recursos desviados da Receita) e a Operação Integração, conhecida como Lava Jato dos Pedágios, que mostra que o pedágio no Paraná é quatro vezes mais caro por causa da corrupção.
Fujões – João Arruda classificou como falta de respeito dos candidatos da continuação em não ir no debate. “Não fujo de debate por que respeito o eleitor, que precisa conhecer as nossas propostas. Quero debater muito mais”, disse.
“Quem foge de uma discussão importante como essa é por que não respeita os eleitores”, ressaltou João Arruda. Além dele, participaram do debate os candidatos Ogier Buchi (PSL), Dr.Rosinha (PT), Jorge Bernardi (Rede) e Professor Piva (Psol).
Previdência dos servidores – João Arruda falou sobre o descaso do ex-governador Beto Richa, que utilizou o dinheiro da Previdência Social dos servidores para pagar contas que ele mesmo fez na sua primeira gestão
“A primeira ação do meu governo será enviar uma mensagem para a Assembleia Legislativa do Paraná, com o objetivo de revogar a lei que retira por mês, cerca de R$ 140 milhões do fundo da previdência dos servidores”, disse. “Isso tem que parar”, ressaltou.
Impostos por empregos – O candidato do MDB também afirmou que fará uma política de redução de impostos e incentivos para micro e pequenas empresas. “Vamos trocar impostos por empregos, resgatando o projeto que aplicava redutores nas tabelas de impostos das pequenas empresas e criar incentivos para a contratação de jovens que buscam o primeiro emprego”.
Habitação – Sobre a política habitacional, João Arruda disse que “antes de inventar é preciso consertar”. “A Cohapar vive uma situação difícil financeiramente. Vamos estabelecer parcerias, para que possamos capitalizar a Cohapar e fazer com ela funcione”, afirmou.
Via Blog Fabio Campana 
←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores