Arquivo do blog

Theme Support

comunidade

Unordered List

esporte

Recent Posts

Tecnologia do Blogger.

Colombo

Postagem em destaque

O Bruxo Chik Jeitoso presta depoimento para o Juiz Fernando Fischer

O Bruxo Chik Jeitoso presta depoimento para o Juiz Fernando Fischer na última segunda-feira dia 22/10/2018.  Excelentíssimo  Sr Juiz da 8° ...

Pesquisar este blog

Geral

Binho - Aviário

Binho -  Aviário

Flickr Images

Cultura

About us

About us

Flickr Images

quinta-feira, 6 de setembro de 2018

Quem comemora pesquisas sempre será derrotado nas urnas, porque Radar revela 77% de indecisos

Porque o candidato que comemora pesquisa em primeiro sempre é derrotado nas eleições, porque os mesmos nunca mostra este fato muito importante, aonde 77% não sabem em quem vai votar ainda. O candidato só fica batendo na tecla que está em primeiro enquanto os demais trabalha de verdade na nas urnas o primeiro chora e os demais pode ir para o abraço com a vitória. 

Porque o Senador Requião acredita em virada para o governo do Paraná porque se tem que acreditar nas pesquisas tem que analisar com os pés no chão os 77% dos que ainda não decidiu ainda. 

Arruda, Cida, Ogier Buchi, Dr Rosinha respeitam os eleitores então vamos prestar atenção nas propostas, nós debates, e em cada detalhe muito importantes para decidir o voto. 



 Essa é a que vale, apontam os especialistas de plantão. E a pesquisa espontânea do Radar/ADI divulgada na quarta-feira, 5, aponta que 77,1% dos entrevistados não sabem ou não souberam opinar, ou seja, estão indecisos. Nesta pesquisa, Ratinho Junior (PSD) tem com 13,25%; seguido de Cida Borghetti (PP), 5,4%; João Arruda (MDB), 1,4%; Doutor Rosinha (PT), 1,3%; Ogier Buchi (PSL), 0,7%; Jorge Bernardi (Rede), 0,6% e Professor Piva (Psol), 0,3%. Não sabe ou não souberam opinar, 77,1% dos entrevistados
A pesquisa foi realizada entre os dias 30 de agosto e 3 de setembro com 1.494 eleitores entrevistados em todas as regiões do Estado, com 16 anos ou mais. A margem de erro é de 2,6%. O nível de confiança é de 95,5%. O registro no: TRE PR-01900/2018.

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) divulga, após o fim de prazo, os números finais referentes ao eleitorado de 2018.
Em Curitiba, 1.339.416 eleitores estão aptos a votar. Serão 4.015 seções, divididas em 409 locais de votação. No Paraná, as 26.900 seções eleitorais, divididas em 4.922 locais, atenderão 7.979.973 de eleitores. Destes, 306 incluíram o nome social no título de eleitor, conforme medida aprovada no início do ano. Só em Curitiba, 83 eleitores fizeram essa alteração.
Até este momento, realizaram-se exatos 7.168.138 recadastramentos biométricos no Paraná, número correspondente a 89,83% do eleitorado do estado, e 1.336.961 em Curitiba.
77% de quase oito milhões de eleitores é 
voto viu. 



Ibope

Bolsonaro lidera, mas perde no 2º turno

O presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, está liderando a corrida ao Palácio do Planalto, segundo pesquisa Ibope divulgada ontem, com 22%, mas em simulações de segundo turno perde para Ciro Gomes (44% x 33%), Geraldo Alckmin (41% x 32%), Marina Silva (43% x 33%), e empata com Fernando Haddad (37% x 36%). Se não bastasse, tem a maior rejeição entre todos os candidatos (44%).
A pesquisa, encomendada pelo jornal O Estado de S. Paulo e Rede Globo, aponta que estão empatados em segundo Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT), com 12%. Geraldo Alckmin (PSDB) tem com 9%.
O paranaense Alvaro Dias, candidato do Podemos, tem apenas 3% das intenções de votos.
O levantamento foi realizado de 1º a 3 de setembro e ouviu 2.002 eleitores.

Só Ciro cresce

Segundo matéria do site Congresso em Foco, em relação à pesquisa Ibope anterior, de 17 a 19 de agosto, apenas o candidato do PDT, Ciro Gomes, apresentou crescimento fora da margem de erro.
Ciro tinha 9% e agora tem 12%, a pontuação de Marina, que não teve alteração.
Os entrevistados que votariam em branco ou anulariam o voto são 21% agora, 8 pontos percentuais a menos do que em agosto, quando eram 29%. Já os que não sabem ou não responderam oscilaram na margem de erro de 9%, no mês passado, para 7% em setembro.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “O Estado de S.Paulo”. É o segundo levantamento do Ibope realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral e o primeiro depois que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) barrou a candidatura de Lula.
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Quem foi ouvido: 2.002 eleitores. Quando a pesquisa foi feita: 1 a 3 de setembro. Registro no TSE: BR‐05003/2018. O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro 0% significa que o candidato não atingiu 1%. Traço significa que o candidato não foi citado por nenhum entrevistado.
Simulações de 2º turno
Ciro 44% x 33% Bolsonaro (branco/nulo: 19%; não sabe/não respondeu: 4%)
Alckmin 41% x 32% Bolsonaro (branco/nulo: 23%; não sabe/não respondeu: 4%)
Bolsonaro 33% x 43% Marina (branco/nulo: 20%; não sabe/não respondeu: 3%)
Haddad 36% x 37% Bolsonaro (branco/nulo: 22%; não sabe/não respondeu: 5%)
Rejeição
O Ibope também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome. Veja os índices:
Bolsonaro: 44%
Marina: 26%
Haddad: 23%
Alckmin: 22%
Ciro: 20%
Meirelles: 14%
Cabo Daciolo: 14%
Eymael: 14%
Alvaro Dias: 13%
Boulos: 13%
Vera: 13%
Amoêdo: 12%
João Goulart Filho: 11%
Poderia votar em todos: 1%
Não sabe/não respondeu: 10%
Observações: os entrevistados podem citar mais de um candidato, portanto os resultados somam mais de 100%; não é possível comparar os resultados desta pergunta com os da rodada anterior, já que Lula não constou como opção de resposta porque sua candidatura foi indeferida.
Sobre esse levantamento, o Ibope divulgou a seguinte nota:
“Como informado ontem, na pesquisa de intenção de votos realizada entre os dias 1 e 3 de setembro, para seguir as decisões decorrentes do indeferimento da candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva, que proibiram, entre outras coisas, que o ex-presidente participasse, como candidato, de atos de campanha, o Ibope deixou de aplicar o questionário em que o nome de Lula aparecia como postulante ao cargo de presidente da República, como constava do registo da pesquisa feito no TSE.
O instituto pesquisou apenas o cenário em que o nome de Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT, aparecia juntamente com os candidatos que pediram registro.
O Ibope indagou ao TSE se este procedimento estava correto.
Em sua decisão de hoje, o ministro Luiz Felipe Salomão explicou que, segundo a lei, o TSE está impedido de responder a consultas como essa durante o período eleitoral.
Diante disso, e convicto de que agiu de boa fé e dentro da lei, e, ainda, no intuito de não privar o eleitor de informações relevantes sobre a situação atual das intenções de voto na eleição presidencial, o Ibope decidiu liberar os resultados da pesquisa para divulgação, decisão que contou com o apoio dos contratantes TV Globo e o ‘Estado de S.Paulo’.”-

←  Anterior Proxima  → Inicio

0 comentários:

Postar um comentário

Faça Faculdade Uniandrade

Faça Faculdade Uniandrade
Vem pra Uniandrade

Publicidade

Publicidade

Seguidores